A evolução de conceitos, a transformação e evolução constante da era digital, a concorrência oferecida aos jovens a nível Nacional e local fruto desta evolução digital, faz com que o Dirigente desportivo procure constantemente o melhor modelo de governação e liderança.

Ciente disso, a A.N.D.I.F., tem feito nos últimos anos, pressão sob a F.P.F. para que conforme as outras Associações de classe, os Dirigentes também tivessem formação para se adaptarem a estas mudanças e pudessem fazer deste fenómeno, uma oportunidade para melhores lideranças e mais sólidas.

Confrontado com a Nossa vontade, o Sr: Presidente da F.P.F., prometeu-nos que no Seu 2º mandato, haveria novidades quanto á formação de Dirigentes.

Como é Seu apanágio, o Dr: Fernando Gomes mais uma vez cumpriu não só a Sua palavra como foi mais além e criou aquela que é a 1ª e única universidade existente em qualquer Federação desportiva em Portugal e no mundo.

Dotou esta Universidade com um conjunto de oradores de qualidade ímpare no País e criou-se as condições para que a A.N.D.I.F em parceria com a universidade, avança-se com o primeiro curso para Dirigentes Desportivos que se realizou nas Associações de Porto, Portalegre e Lisboa (esta realizada na cidade do futebol). Foi um êxito reconhecido por todos os presentes e as inscrições excederam aquela que eram as Nossas ofertas.

Recolheu-se opiniões dos formadores e formandos e, a pedidos destes (Dirigentes) acabou-se por introduzir mais alguns temas a futuros cursos.

O 2º curso iniciou-se no dia 12 de Dezembro, na cidade do futebol e acompanhado á distancia nas Associações de Castelo Branco, Beja, Leiria e Santarém.

O 3º curso já se está a preparar e será realizado em Ponta Delgada, Setúbal, Braga e Évora.

Esperamos muito sinceramente na forte participação de todos os Dirigentes e aproveito a ocasião para apelar aos Dirigentes destas 4 Associações que irão receber o 3º curso acima identificado, que usem a F.P.F., as Suas Associações e a ANDIF para efetuarem a Sua inscrição.

Não podia terminar a minha mensagem sem agradecer ao Pedro Dias e muito em particular ao André Seabra que tantas horas diárias dedicam a esta causa e na Pessoa do Hugo Freitas agradecer a todo o pessoal da informática da F.P.F.

O caminho faz-se caminhando e se todos os Dirigentes fizerem esta caminhada partilhando os bons exemplos que se fazem neste País e não só, estamos certos que sairemos daqui capazes de lideranças mais fortes e sólidas.

Terminando gostaria de vos deixar um desafio:

Transformar o aumento de praticantes de futebol feminino, numa oportunidade de negócio e numa nova forma de receitas.

Até sempre

Diamantino Gonçalves

assinatura_presidente